cultura periférica

“Cultura da Periferia” alcança a TV

Atualizado em 26 de outubro | 12:20 AM

As vozes da periferia ganham força na televisão.

Assista à um trecho do programa “Cultura na Periferia”.

Continue lendo »

Exposição Estética da Periferia | 2005 e 2007

Atualizado em 15 de setembro | 9:44 AM

_Exposição Estética da Periferia Recife | 2007

 

Há alguns dias, o jornal londrino Times abria uma página elogiosa e dava cinco estrelas para o Show da Banda Afro Reggae que acontecera na véspera, platéia lotada, no Barbicon Center. Isso é uma pequena mostra da qualidade e do poder de difusão da estética da periferia hoje no Brasil.

O que é importante observar é que isso acontece num cenário internacional, onde  fala-se da ameaça da  “humanidade excedente” ou de uma favelização progressiva em nível global. O  relatório da Unesco Habitat demonstra que a equação excesso de população + desemprego aponta para um crescimento da população favelada mundial na proporção de  25.000.000 de pessoas por ano, desenhando um  perfil dramático de desigualdade nas nações periféricas.

Paradoxalmente, ao lado desses números inquietantes, é a cultura da periferia e seu poder de resistência e criatividade artística que vem se firmando como a grande novidade que vai marcar a cultura do século XXI.

Seja o traço forte do grafite, expressão afirmativa de arte pública, seja a música, potencializando seu poder de ligação entre o asfalto e a favela, o rap com a levada poderosa da poesia de denúncia, a vitalidade do funk  investindo no saber da festa como fator  agregador de diferenças, ou a moda, a arquitetura e o design trazendo novas soluções  para o mercado tradicional de cultura.

Continue lendo »

Universidade das Quebradas | Prêmio FAPERJ 30 anos de Melhor Projeto de Extensão Universitária | 2010

Atualizado em 29 de junho | 9:20 PM

Quebradas recebe prêmio

Do boletim informativo “O Dragão Contemporâneo”:

Dia 24 último, na semana em que comemorou os 30 anos de sua criação, a FAPERJ realizou evento no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, onde recebeu a comunidade científica e tecnológica do RJ para celebrar os avanços e conquistas da pesquisa fluminense, com a presença do governador Sérgio Cabral e de ex-presidentes da Fundação e de seu Conselho Superior. Neste dia, foram entregues os termos de outorgas referentes a diversos editais lançados neste primeiro semestre de 2010 e medalhas comemorativas a alunos, pesquisadores e empreendedores que “fizeram a diferença” após serem contemplados pelas diversas linhas de fomento da agência.

Dentre as linhas de apoio da Fundação há a que engloba projetos de extensão e pesquisa.

O projeto de extensão e pesquisa Universidade das Quebradas, do PACC / FCC / UFRJ, sob a coordenação de Heloisa Buarque de Hollanda, foi um dos que ganhou o apoio da FAPERJ e teve seu termo de outorga entregue durante a cerimônia no Theatro Municipal. Já é!

Continue lendo »

Novas Visões sobre a Periferia

Atualizado em 27 de maio | 1:28 AM

Publicado originalmente no Blog Acesso

Todos os dias, novos projetos culturais invadem as favelas do Rio de Janeiro. Ideias assistencialistas, de desenvolvimento da comunidade, diminuição do tráfico, ajuda à saúde, à educação e, claro, à cultura. Porém, são poucos os que olham para a realidade da favela e enxergam entre seus moradores artistas e, quiçá, intelectuais que necessitam de uma educação formal na área de cultura, já que experiência e sensibilidade sobram.

Foi debruçada sobre os estudos das periferias e trabalhando em projetos socioculturais que a lingüista e coordenadora do Programa Avançado de Cultura Contemporânea – PACC da Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ, Heloisa Buarque de Hollanda, descobriu ainda mais sobre a cultura nas comunidades. Se pouco era feito, era porque menos ainda se conhecia, dentro do espaço acadêmico, sobre esses saberes da favela. A fim de promover a produção de conhecimento e criações artísticas em literatura, artes visuais, teatro, dança e música, Heloisa Buarque de Hollanda propôs a seus colegas da UFRJ A criação da Universidade das Quebradas, projeto que leva os moradores das periferias para dentro da universidade, por meio de um curso de extensão.

Em entrevista ao Acesso, Hollanda vai além da criação, desenvolvimento e expectativas sobre o projeto, e conta que, após quase meio século de vida acadêmica, tem compartilhado com os moradores das favelas um conhecimento que a muito não adquiria.

Continue lendo »

A cultura na era digital

Atualizado em 29 de setembro | 7:09 PM

‘A periferia usa o blog para divulgação intensiva porque precisa de uma visibilidade urgente’, diz Heloísa Buarque de Hollanda

29/09/2009

Heloísa Buarque de Hollanda é um nome importante do Brasil na área cultural. Além de ser escritora, editora e pesquisadora da área literária, a pós-doutora em sociologia realiza estudos nas áreas de cultura digital. Heloísa, de tempos em tempos, costuma revelar poetas e talentos literários em livros organizados por ela. Nos anos 70, foi a antologia ‘26 Poetas Hoje’. Depois, foi a vez de ‘Esses Poetas – Uma Antologia dos Anos 90′, e agora em ‘Enter – Antologia Digital’ , que apresenta as diferentes formas de literatura que têm sido feita na e com a internet. Heloísa é uma grande entusiasta do universo digital e acredita que as classes mais pobres são beneficiadas com a rede, pois podem ser ouvidas pela primeira vez na história por outras camadas da sociedade. Heloísa mantém seu site pessoal, em que é possível acompanhar seu trabalho e outras novidades do universo literário. A escritora foi nossa décima primeira entrevistada.

“Eu acho que [as mudanças promovidas pelas ferramentas digitais] são positivas. Como os equipamentos ficaram mais baratos, então qualquer um pode ser produtor de conteúdo.

Continue lendo »