Seminário Cultura 2.0

Atualizado em 15 de setembro | 12:54 PM

O momento atual é chamado por importantes economistas como Jeremy Rifkin, de A Era do Acesso. A economia, a cultura e as formas de socialização neste novo milênio abandonam progressivamente o ideário da modernidade e deslizam em direção à uma experiência de mundo mais flexível na qual o eixo da lógica capitalista, a propriedade, vai gradualmente dando lugar à noção de acesso como base de uma economia global. Este seminário vai procurar colocar em debate e aprofundar a reflexão sobre esse momento de transição com foco no impacto das mídias e dos ambientes digitais e na consolidação do que vem sendo conhecido como um capitalismo cultural, caracterizado pela mudança da idéia de mercado em networks, da propriedade para o acesso e pela marginalização da propriedade material pela ascendência da propriedade intelectual.

Nestes últimos cinco anos, a expansão da Internet e da cultura digital marou uma mudança não apenas de paradigma da produção, difusão e consumo de conhecimento e de cultura, mas, sobretudo, uma mudança significativa nas formas das relações sociais e produtivas.

Este novo quadro apresenta algumas questões estratégicas de produção e circulação de conhecimento, gerando novas linguagens, novos produtores e consumidores em cena e, conseqüentemente, gerando seus próprios modelos de negócios em base digital e estratégias de sustentabilidade. 

Continue lendo »

A Literatura Latino-Americana no Século XXI

Atualizado em 15 de setembro | 12:52 PM

Seminário Internacional

Centro Cultural Banco do Brasil

Junho 2005

  

Local: Auditório do Centro Cultural Banco do Brasil no Rio de Janeiro

Realização: Aeroplano Projetos e Programa Avançado de Cultura Contemporânea/UFRJ

 

Curadoria: Beatriz Resende e Paulo Roberto Pires

Beatriz Resende é professora da Escola de Teatro da UNIRIO, pesquisadora do Programa Avançado de Cultura Contemporânea/UFRJ e do CNPq. Colabora regularmente em jornais e televisão com crítica literária.

Paulo Roberto Pires é jornalista, professor da Escola de Comunicação da UFRJ e editor da Ediouro. É colaborador do jornal eletrônico No.Mínimo.

 

Descrição: “Depois de Macondo: a Literatura Latino-Americana no século XXI”

 

Este projeto pretende realizar seminário de quatro dias dedicado ao debate sobre a situação da literatura latino-americana produzida no momento que se seguiu ao chamado boom, isto é, a literatura do novo milênio. Os resultados obtidos pelas conferências e pelas discussões serão transformados em livro organizado pelos curadores do evento.

Nos anos 70, a produção literária da América Latina ocupou o cenário mundial durante o fenômeno consagrado como o Boom da Literatura Latino-Americana. Gabriel Garcia Márquez com seu Cem anos de solidão contribuiu de forma decisiva para dar visibilidade a uma literatura, ao mesmo tempo madura e inovadora, que encontrara nos anos 60 seus grandes momentos.

Continue lendo »

CONEXÕES – Arte, cultura e desenvolvimento

Atualizado em 15 de setembro | 12:49 PM

O objetivo principal deste encontro é a criação de canais produtivos entre as novas manifestações artísticas que se apresentam desafiando os limites entre classes sociais e territórios culturais e a academia.

Algumas perguntas serão colocadas: Como pensar o fortalecimento do binômio desenvolvimento/cultura? Como trabalhar as possibilidades de ampliação do paradigma dos diretos humanos para a área cultural? Como pensar a geopolítica da produção e do consumo culturais nos mercados nacionais e transnacionais? Como oferecer novos dados para a formulação de políticas concretas de desenvolvimento para a área da cultura?

A estrutura pensada para o seminário vai ao encontro dessas preocupações. A metodologia das discussões centra-se em dois eixos. O primeiro é a discussão de casos escolhidos entre algumas experiências culturais de ponta. O segundo, a procura de constituir mesas mistas que promovam o diálogo entre atores sociais, produtores culturais e a academia.

 

PROGRAMA

Dia 23 de novembro às 18:30 hrs (terça)   ABERTURA

Coordenador: Gilberto Gil

Palestra: Boaventura de Souza Santos

Comentador: Silviano Santiago

 

    20:00 horas: lançamento livro “A Escrita Inkz” e coquetel

 

Dia 24 de novembro às 18:30 hrs (quarta)                  MESA    

 

“Literatura Partida”

coord. Heloisa Buarque

Ferrez (escritor), Paulo Lins(escritor),Beatriz Resende (crítica), Mauricio Torres (editor Casa Amarela) e Paulo Roberto Pires (editor Ediouro)

 

Dia 25 de novembro às 18:30 hrs (quinta)     EVENTO

 

“Antenas  Ligadas”

 coord: Tião Santos

 Misael Avelino dos Santos (Radio Favela BH), Ecio Salles, Teco Rastafari (Luiz Fernando Lopes), Nega Gizza, Marisa Vassimon (Futura)

 

Dia 26 de novembro às 18:30 hrs              FORUM

 

“Geopolítica da produção e do consumo cultural”

coord.

Continue lendo »

Cultura ART.FICIAL

Atualizado em 15 de setembro | 12:47 PM

Local: CCBB Rio de Janeiro

 Descrição:

Segundo  Milton Santos  em seu livro Território e Sociedade , “teoria são algumas perguntas que você coloca ao real” Dento deste espírito, este projeto pretende realizar um seminário de quatro dias  dedicado à formulação de perguntas e questões  sobre os rumos da cultura sob o impacto dos novos suportes digitais no século XXI.

Os temas privilegiados nessa discussão serão: a questão do mercado e da economia da cultura;  a dinâmica das desigualdades sociais diante das novas estéticas sugeridas pelos suportes tecnológicos emergentes, o impacto da ação descentralizadora da internet na criação das obras de arte e da literatura; a transformação das noções de autor, autoria e autenticidade tal como entendida no período clássico da modernidade; o questionamento da noção de valor artístico e sua repercussão na criação cultural.

Estas questões/perguntas orientarão o  eixo temático das mesas e conferências.

 

 

 

Dia 1

Conferência Fragmentação do poder cultural

 

Coord:. Heloisa Buarque de Hollanda

 

Hermano Vianna (antropólogo,

Coordenador do Projeto Overmundo, autor de vários livros entre eles O Mundo Funk Carioca, O Mistério do Samba e Galeras carioca.. Também trabalha para o cinema e para a televisão, como roteirista na realização dos programas Central da Perifeira, Mercadão da Música, African Pop, Baila Caribe, Programa Legal, Na Geral, Brasil Legal, Além-mar e Música do Brasil.)

 

Dia 2

Mesa: O Livro tem futuro?

Continue lendo »

Cultura e desenvolvimento

Atualizado em 15 de setembro | 12:45 PM

CCBB/PACC SEMINÁRIO

  • Chaves:

Neste início de século pensar a cultura gera sempre uma certa perplexidade. Os paradigmas que até bem pouco tempo regiam a avaliação e análise dos fenômenos culturais e das manifestações estéticas perderam seu poder argumentativo e descritivo assim como os padrões metodológicos da crítica de cultura tradicional deixaram de oferecer caminhos seguros enquanto modelos operacionais para a interpretação destes mesmos fenômenos e manifestações.

 

Os motivos já são muito conhecidos e centram-se  nos efeitos da nova ordem da economia internacional e nos processos de globalização e transnacionalização da cultura e da informação. A evidência mostra a ocorrência de uma fragilização progressiva das fronteiras entre cultura “alta” e cultura “popular” ou de “massa”,  uma significativa alteração na função social da arte, e, sobretudo, a entrada definitiva da produção cultural no mercado e na economia tornando-se elemento chave nos processos de geração de emprego e inclusão social. 

 

Este seminário procura debater os caminhos possíveis da cultura hoje e colocar algumas perguntas inadiáveis como: o que fazer como programa político para incentivar o desenvolvimento através da cultura? Como mapear a geopolítica da produção e do consumo cultural no quadro transnacional?  Como formular políticas de  planificação e desenvolvimento da produção da  periferia?

Continue lendo »