Heloisa Buarque de Hollanda, Personalidade 2013 do IAB-RJ

Atualizado em 9 de dezembro | 8:03 PM

O Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB-RJ) realizou,  na última sexta (6/12), a festa anual dos arquitetos e a entrega de um dos mais importantes e tradicionais prêmios da arquitetura do país, a 51ª Premiação IAB-RJ, além do 30º Prêmio Arquiteto do Amanhã, Homenagem a Paulo Casé e Personalidade do Ano, concedida a Heloisa Buarque de Hollanda. Leia a seguir texto de Cêça Guimaraens, arquiteta e diretora de Cultura do Instituto de Arquitetos do Brasil.

 

Por Cêça Guimaraens*

Cidade grande, metropolitana e também pequena vila, travessas e becos, o Rio de Janeiro é vasto e multifacetado lugar onde a professora Heloisa Buarque de Hollanda explode paradigmas.

Os títulos convencionais e acadêmicos – desde o bacharelato em Letras Clássicas até o pós-doutorado no exterior – foram portas e plataformas para estudar e desmanchar mitos da literatura, cultura e gênero. Longe das reuniões nas ruas de antigos e bucólicos bairros, é no entardecer confortável dos pátios da Escola de Comunicação no campus da UFRJ na Urca onde Heloisa, hoje, ilumina, com múltiplos saberes as favelas do Rio de Janeiro.

Ao inscrever a cidade na lista dos seus amores, ela, carioca de alma e coração, contraria realidades e transforma os personagens e as ruas.

Continue lendo »

Prêmio Faz Diferença | 2012

Atualizado em 28 de março | 9:07 PM

Publicado originalmente no jornal O Globo

Com debates, música, leituras e um livro com novos autores das periferias, evento levou grandes nomes ao Morro dos Prazeres para conversarem sobre suas obras

Leonardo Cazes

Foi durante suas andanças pelas periferias que o escritor Julio Ludemir percebeu que os desejos de consumo de seus moradores iam além de roupas ou eletrodomésticos. A inclusão de milhões de pessoas no mercado consumidor na última década e o surgimento da nova classe média também provocavam, observava ele, uma sede imensa de literatura.

Inspirado pela Festa Literária Internacional de Paraty (Flip), Ludemir queria explorar o que chamou de “expansão da cidade literária”. Ele se juntou com novos parceiros para conceber a Festa Literária Internacional das UPPs (Flupp), que teve a sua primeira edição em 2012, no Morro dos Prazeres, em Santa Teresa: Écio Salles, ex-secretário de Cultura de Nova Iguaçu; o antropólogo e professor da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj) Luiz Eduardo Soares; e Heloisa Buarque de Hollanda, crítica literária e professora da UFRJ — vencedora do prêmio Faz Diferença em 2007.

O quarteto desejava, desde o início, que a Flupp fosse além da festa propriamente dita. Dessa vontade, nasceu a “Flupp pensa — 43 novos autores”, coletânea de textos de novos escritores das periferias.

Continue lendo »

Universidade das Quebradas | Prêmio FAPERJ 30 anos de Melhor Projeto de Extensão Universitária | 2010

Atualizado em 29 de junho | 9:20 PM

Quebradas recebe prêmio

Do boletim informativo “O Dragão Contemporâneo”:

Dia 24 último, na semana em que comemorou os 30 anos de sua criação, a FAPERJ realizou evento no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, onde recebeu a comunidade científica e tecnológica do RJ para celebrar os avanços e conquistas da pesquisa fluminense, com a presença do governador Sérgio Cabral e de ex-presidentes da Fundação e de seu Conselho Superior. Neste dia, foram entregues os termos de outorgas referentes a diversos editais lançados neste primeiro semestre de 2010 e medalhas comemorativas a alunos, pesquisadores e empreendedores que “fizeram a diferença” após serem contemplados pelas diversas linhas de fomento da agência.

Dentre as linhas de apoio da Fundação há a que engloba projetos de extensão e pesquisa.

O projeto de extensão e pesquisa Universidade das Quebradas, do PACC / FCC / UFRJ, sob a coordenação de Heloisa Buarque de Hollanda, foi um dos que ganhou o apoio da FAPERJ e teve seu termo de outorga entregue durante a cerimônia no Theatro Municipal. Já é!

Continue lendo »

Prêmio de Cultura do Estado do Rio de Janeiro | 2010

Atualizado em 25 de março | 8:42 PM

Prêmio de Cultura do Estado do Rio de Janeiro – resultado da unificação dos prêmios Golfinho de Ouro, Estácio de Sá e o do Governo do Rio de Janeiro –foi entregue aos vencedores das 15 categorias por personalidades relacionadas à cultura, moda, gastronomia, e também, ao esporte. Cada área teve três indicados, selecionados a partir de sugestões recebidas pela internet. Os vencedores, escolhidos no dia da premiação pelo Conselho Estadual de Cultura, receberam o troféu (inspirado na obra do artista plástico Barrão), além de R$ 10 mil.

[…]

A marionete Lucy Devassa, do espetáculo Avenida Q – interpretada pela atriz Sabrina Korgut – chamou ao palco os diretores de musicais Cláudio Botelho e Charles Möeller para entregar o prêmio de Comunicação. Esta categoria teve como vencedora a ensaísta Heloisa Buarque de Hollanda, que em 2009 lançou sua autobiografia, Escolhas (Língua Geral, 2009), em comemoração aos seus 70 anos. A pesquisadora tem como principal interesse a ligação entre cultura e desenvolvimento nas áreas da poesia, gênero e etnia, culturas marginalizadas e cultura digital. A neta de Heloisa, Dora, representou a avó porque a escritora está trabalhando nos EUA, de enviou um texto para ser lido, onde falava da emoção de ter sido contemplada e que, mesmo de longe, não poderia deixar de agradecer ao Governo do Estado e à Secretária Adriana Rattes pelo apoio.

Continue lendo »